5 dicas para amenizar os efeitos da rotina de trabalho de logística

Noticias e Novidades

5 dicas para amenizar os efeitos da rotina de trabalho de logística

Publicado em 07 de fevereiro de 2019

O setor de logística tem uma função muito importante dentro da empresa. Um erro na organização de um pedido pode provocar prejuízo financeiro para a companhia, perda de credibilidade e insatisfação do cliente. Para evitar essas situações, é possível buscar o apoio de algumas ferramentas e práticas de mercado. Continue a leitura e confira!

Organize e monitore os processos

Uma boa maneira de controlar os custos da empresa é por meio do mapeamento de todos os processos de logística. O gestor do setor precisa identificar quais são as falhas e inconsistências que ocorrem para encontrar maneiras de solucionar os problemas antes que eles afetem a operação.

Por exemplo: uma falha no controle entre o pedido feito pelo cliente e o item que é separado para a entrega pode ocasionar gastos desnecessários para a empresa. Afinal, o consumidor recebe um produto que não condiz com a solicitação feita, gerando um pedido de troca que gera custos para o negócio.

Invista em tecnologia

As soluções tecnológicas auxiliam muitas companhias na hora de organizar os setores, controlar pedidos e gerenciar custos. Um ERP (Enterprise Resource Planning), por exemplo, faz a gestão integrada dos processos da empresa. Assim, é possível centralizar todas as informações em um lugar.

Um software WMS (Warehouse Management System), por sua vez, faz a gestão de estoques. Ele tem funcionalidades para organizar a rotina de recebimento, separação de pedidos e indicação do endereço de entrega.

Elabore mapas de entregas

É muito importante criar um mapa de entregas do dia ou do mês. Isso auxilia no melhor controle da distribuição de produtos por regiões de uma cidade ou país. A rota pode incluir distância a ser percorrida, tempo estimado e prazo para concluir a entrega.

Dessa maneira, a empresa evita que dois caminhões se desloquem para localizações próximas, por exemplo, o que gera um gasto desnecessário. Algumas tecnologias do mercado já permitem a criação de rotas inteligentes ao indicar caminhos mais curtos ou que fogem de congestionamentos.

Faça o gerenciamento de risco

O gerenciamento de risco consiste no monitoramento em tempo real de todas as cargas transportadas pela empresa. Uma equipe permanece na sede da companhia fazendo o acompanhamento dos caminhões para verificar se há algum risco ou desvio de rota.

Essa é uma maneira de garantir mais segurança para o caminhoneiro e para as mercadorias. Também é uma forma de resolver rapidamente erros no percurso ou atrasos na entrega.

Tenha bons parceiros

Só existe logística eficiente se a organização conta com bons parceiros de negócio. Isso significa que os fornecedores devem cumprir com os prazos de entrega, assim como a qualidade das mercadorias.

Essa boa relação comercial também precisa se estender para os transportadores. Afinal, eles estão diretamente ligados aos resultados do setor e à satisfação dos clientes.

Pronto! Com essas dicas, você conseguirá amenizar os efeitos prejudiciais da rotina de trabalho de logística, entregando um serviço melhor ao cliente.

Aproveite a visita ao nosso blog e entenda o que é uma operação dedicada!

Um erro na gestão logística pode ocasionar prejuízo financeiro e também à reputação da empresa. Saiba como evitar esses problemas!